- Início

- Conteúdo

22ª edição do Top of Mind de RH é conduzida pela música

Compartilhe Este Post

Há uma frase do poeta ucraniano Leonid Permovaisky que diz: “Pouco importam as notas na música, o que conta são as sensações produzidas por elas.” E em meio à importância da música em nossas vidas, não havia tema melhor para representar a 22ª edição do Top of Mind de RH.

Segundo o produtor do evento, Délvio Moraes, da Eventualize, a escolha pela temática partiu do princípio da ligação das pessoas com a música e o sentimento de nostalgia muitas vezes por ela trazido. “A ideia surgiu de repente, de um remix atual de uma música bem antiga. É algo que nós ouvimos e que nos remete ao passado, à infância, à adolescência. Isso nos traz recordações. E foi quando pensei: ‘cada um de nós tem as suas músicas inesquecíveis, e ao ouvi-las, isso traz lembranças do passado’. Então, foi feita a relação: lembrança-música, lembrança de marca, lembrança-prêmio, o que fechou a escolha do tema”, explica. “Como o Top é um prêmio de lembrança de marca – aquelas que ficam na mente das pessoas pelo que representam e tem a oferecer no mercado -, então a relação entre música e marca foi o encaixe perfeito”, acrescenta.

No embalo musical do evento, que promete ser marcante, não deixe de participar da segunda fase de votação (neste link), que definirá o vencedor de cada uma das categorias do Top of Mind de RH 2019. 

Curiosidades

A primeira edição do Top of Mind de RH foi realizada em 1998. De lá para cá, você se recorda quais músicas dominaram o cenário musical? Confira abaixo a principal música de cada ano, segundo a Billboard:

1998: Too Close (Next)

1999: Believe (Cher)

2000: Breathe (Faith Hill)

2001: Hanging By A Moment (Lifehouse)

2002: How You Remind Me (Nickelback)

2003: In Da Club (50 Cent)

2004: Yeah! (Usher, Lil’ John & Ludacris)

2005: We Belong Together (Mariah Carey)

2006: Bad Day (Daniel Powter)

2007: Irreplaceable (Beyoncé)

2008: Low (Flo Rida e T-Pain)

2009: Boom Boom Pow (Black Eyed Peas)

2010: Tik Tok (Ke$ha)

2011: Rolling In The Deep (Adele)

2012: Somebody That I Used To Know (Gotye & Kimbra)

2013: Thrift Shop (Macklemore & Ryan Lewis)

2014: Happy (Pharrell Williams)

2015: Uptown Funk! (Mark Rowson & Bruno Mars)

2016: Love Yourself (Justin Bieber)

2017: Shape of You (Ed Sheeran)

2018: God’s Plan (Drake)

No Brasil, não há um ranking (oficial) que elenque as músicas nacionais mais tocadas nos últimos anos. Os registros começaram a ganhar força recentemente.

No ano passado, por exemplo, segundo a Connect Mix, empresa de monitoramento musical, quem tomou conta das rádios foi o sertanejo Gusttavo Lima, que teve a música Apelido Carinhoso tocada quase 1,2 milhão de vezes. A medalha de prata ficou para a dupla Zé Neto & Cristiano, com Largado às Traças, enquanto a música Oi, de Léo Magalhães, ficou na terceira posição. Segundo o levantamento, 73% das músicas tocadas nas rádios brasileiras são do gênero sertanejo.

Já na plataforma stream Spotify, sertanejo e funk regem o gosto musical atual do brasileiro. No Top 5 de artistas, a funkeira Anitta é a única não-sertaneja da lista, estando na terceira posição. Zé Neto & Cristiano lideram o ranking, seguidos por Jorge & Mateus.

No topo geral está o cantor canadense Drake, líder de exibições de música na plataforma (mais de 8,2 bilhões de acessos).

Dos mais nostálgicos aos moderninhos, a premiação do Top of Mind em 2019 abrirá as portas para todos os estilos, artistas e épocas. Em breve, você terá mais informações do que a festa desse ano trará.

Gostou desse post? Compartilhe!